Friday, March 16, 2007

Testar os limites

pode ser um estranho modo de vida, mas lá que soa bem, soa.

7 comments:

maf* said...

apenas testá-los? sim, é bom...
mas viver nos limites? não soa bem, acredita.

pal said...

(não era isso que dizia neste post...)

ao ouvir testar os limites, e sabendo tu o meu contexto diário, só me ocorre pensar nos limites da paciência. sou testada mais ou menos de hora a hora! ;)

calita said...

ah?? só retirei o "ou um modo de viver", porque era redundante.

sirob said...

não te metas nisso

calita said...

ahahahahahahahaha, adorei esse "tom" sirob!!

calita said...

e nesse contexto, pal, não achas curioso verificar que tens mais paciência do que alguma vez imaginaste?

pal said...

sim, é verdade...
descobri a paciência para me suportar tanto tempo sozinha numa base diária, algo que de certo modo até me dá prazer, o being alone...
mas a paciência na direcção do que é infantil está a chegar a uma fase limite...