Tuesday, January 23, 2007

Ah, a inocência!!!

Pela primeira vez em cinco anos não se importou que a fosse buscar ao infantário depois das 18h30. E porquê? não, não foi porque já se habituou à ideia de que nem sempre é possível a mãe estar lá cedo, não foi porque já percebeu - finalmente depois de anos a fio a bater na mesma tecla - que nem sempre se tem o que se quer, foi apenas porque o Igor (actual namorado) saiu à mesma hora que ela.

"Quando for grande quero ser cêdêista (pessoa que trabalha com CDs)". Já agora bea e eu, o que achas que eu podia ser? - "acho que podias ser mãe" :-s

1 comment:

maf* said...

eu quando for grande também quero ser isso, cedeísta. e mãe também. não dá para ser as duas coisas? pergunta á bea por favor...