Wednesday, October 11, 2006

Estou em completo, total e absoluto estado de choque

Criança de cinco anos para mãe durante o jantar: "sabes mamã, o joel tem uma namorada que é a prima e pôs a língua no pipi dela e ela pôs a língua na pilinha dele, que nojo, já viste?" e a mãe, que já viu coisas dessas claro, mas nunca em crianças de cinco anos, fica verde, amarela e castanha, em estado de pânico, a fazer mentalmente uma ronda pelos infantários mais próximos para a mudar de escola (tudo numa fracção de segundos), responde: "ai é? que coisa mais estranha!! (como se ela tivesse a contar uma banalidade qualquer)". Mas a coisa piora: " e o joel disse que já tinha visto pessoas grandes a fazer isso (volta a repetir a história do pipi e da pilinha, mas com o pormenor de que fazem xixi na boca - e isto deve ter sido ela a acrescentar, porque afinal é para isso que servem as ditas anatomias, pelo menos para ela) e depois começam a fazer ginástica". E a mãe, ainda verde castanha e amarela, continua: " ai é, que coisas estranhas que ele vê na televisão". "Pois é", diz a criança e acrescenta: "Acho que foi no telejornal".
Ora, isto tudo teria muita piada, daquelas de uma pessoa se atirar para o chão, se tudo não se tivesse passado há uns minutos atrás, aqui em minha casa, com a minha filha.

6 comments:

Joana said...

:S É caso para cara torta, no mínimo.
O Joel não andará a falar de cor? ;)

Anonymous said...

Socorro!!!!!!!!! Não acho possível!

pal said...

subscrevo o teu título...

e agora tento puxar por um lado positivo: a Bea ao menos não mostra vergonha (não corou sequer?) em abordar este tipo de tema contigo. agora é tentarem aproveitar esse à vontade para passaram os valores mais correctos.(whatever that is...)

e confesso, o remate do telejornal parece mais: "ó mãe, calma, se deu no telejornal é porque deve ser tudo mentira ou a fingir, não te preocupes..." LOL!

subtilezas said...

percebo que estejas em choque, eu também estaria. mas a verdade é que o preconceito está nas nossas cabeças. cinco anos foi qdo me lembro de ter os primeiros jogos, ou se3ja interacção com os outros.eu acho q a bea vai ter uma sexualidade muito interessante, descomplicada. nós é q complicamos tudo, os preconceitos, a sociedade ...enfim a minha opinião é q devemos fazer como fizeste: n mostrar q isso nos incomoda. good work, baby:P

maf* said...

chiça...

subtilezas said...

e sábado, por onde andais? o joakim vai estar no porto. adorva proporcionar meeting em jeitos de surprise. comunicka.