Sunday, July 02, 2006

Esta

coisa de queremos estar onde não estamos, ser o que não somos, querer o que não temos não passa com idade pois não? boring!!!!

8 comments:

fisher king said...

Chama-se angústia. Não tem a ver com a idade, logo não é com ela que passa.

boneca de trapos said...

já dizia o Variações... e é uma angústia crónica e intemporal.

maf* said...

eu acho que aumenta proporcionalmente até aos 50 e só depois começa a diminuir...

dora said...

Não passa, mas acho que vamos aprendendo a gerir melhor essa angústia existencial.

subtilezas said...

por enquanto: NÃO! quando tiver passado é sinal que tás velha.

nat said...

Eu desconfio que mesmo depois dos 50 a coisa continua a roer as entranhas, a não ser no caso daqueles seres excepcionalmente dotados que fingem que aprenderam com a vida a estar gratos... Eu apontava o caso de uma senhora que conhecemos mas não aponto porque ela me ensinou as virtudes de ser discreta

penso logo digo said...

quem é que te ensinou tal coisa nat? posso ter umas lições?

José Manuel Dias said...

Depende...depende...de nós e das circunstâncias, nas palavras de Ortega Y Gasset.
Cumps